II CAMINHADA ECOLÓGICA AO RIO CRIXÁS, SANTA TEREZINHA DE GOIÁS – 18/10/2019

  

II CAMINHADA ECOLÓGICA AO RIO CRIXÁS – Santa Terezinha de Goiás, 18/OUT/2019.

Caros estudantes e amigos de Santa Terezinha e Região,

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Terezinha de Goiás, suas secretarias do Meio Ambiente, Educação e demais, coordenaremos a II CAMINHADA ECOLÓGICA AO RIO CRIXÁS a realizar-se no próximo dia 18/Out/2019, com inicio às 7hs da manhã, quando teremos as boas vindas e uma Aula de Educação Ambiental, reafirmando o compromisso da PIKI GO! com o Projeto “Águas da Vida”, que tem o objetivo de dedicar 30 anos à recuperação e proteção da Bacia Hidrográfica do Rio Crixás.

O artigo “RIO CRIXÁS, AÇÃO ANTRÓPICA E OS IMPACTOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE SANTA TEREZINHA DE GOIÁS – 2000/2017” foi aprovado e inscrito nos anais do ENANPUR NATAL RN (Encontro Nacional de Planejadores Urbanos e Rurais) ocorrido no último mês de maio/2019. Em novembro, será a vez do SIMPÓSIO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS, a realizar-se em Foz do Iguaçu no Paraná, onde será apresentado, com outro viés, sob o título de ALTERAÇÕES DO NIVEL DA ÁGUA NO RIO CRIXÁS, EM SANTA TEREZINHA DE GOIÁS.

Na II Caminhada Ecológica ao Rio Crixás, será apresentada uma síntese sobre as pesquisas e os resultados obtidos para a construção do artigo “Rio Crixás, ação antrópica e os impactos ambientais no município de Santa Terezinha de Goiás – 2000 a 2017” em primeira mão para os estudantes e a comunidade da cidade e região que se fizerem presentes.

São analisados dados da Estação Fluviométrica Uirapuru (nível de água em cm), instalada no Rio Crixás à jusante de Santa Terezinha de Goiás, no município de Uirapuru e da Estação Pluviométrica Nova América (índice de chuvas em ml), à montante da área delimitada para estudo, na nascente do Rio Crixás, no município de Nova América, limítrofe aos municípios de Rubiataba e Crixás, em Goiás.

Por meio de pesquisas, visitas in loco e tabelas, os autores Ubirajara Ferreira e Antonio Pasqualetto demonstram a redução gradativa do nível de água do Rio Crixás e faz correlação com a ação antrópica, aspecto que trouxe a ação garimpeira, o desmatamento, a redução drástica das matas ciliares e o assoreamento em quase toda a extensão analisada, no município de Santa Terezinha de Goiás, de modo a comprometer a perenidade deste importante afluente do Rio Araguaia, o Rio Crixás.

AGENDA DA II CAMINHADA ECOLÓGICA AO RIO CRIXÁS:

Local: CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA TEREZINHA DE GOIÁS

7:00hs – Boas Vindas e Café da Manhã: Prefeitura de ST

7:30hs – Aula Ambiental – 3 partes:
20 min – Rio Crixás, alterações no nível da água 2000/2017
20 min – Recursos Hídricos, legislação e ações Governo GO
20 min – Desafios M Ambiente em ST e os ODS (ONU)

9:00hs – Saída Rio Crixás – Secretaria Meio Ambiente

Participem!

Ubirajara de Lima Ferreira, PIKI GO!

Mestrando em Desenvolvimento e Planejamento Territorial da PUC GO

Compartilhe!
© 2019 Piki GO, Inc. All Rights Reserved