COP23, BONN, ALEMANHA 2017 – 5

COP23, BONN, ALEMANHA 2017 – 5

   

BOLETIM FINAL DA PARTICIPAÇÃO DELEGAÇÃO DO MÉDIO NORTE GOIANO

Link mensagem no Facebook – https://www.facebook.com/consultoria.gov/videos/1376218579167355/

Último Boletim da COP23 gente, chegou ao final a nossa participação aqui. E o melhor, passada a ansiedade, a apresentação antes prevista para a segunda-feira na abertura da COP23 se deu hoje, às 13:30hs no ESPAÇO BRASIL.

Antes, quero fazer um rápido resumo de ontem e deste importante dia de hoje, pode ser?

Ontem o que marcou o dia foi o networking. Fizemos vários contatos importantes com autoridades do MMA – Ministério do Meio Ambiente, ICMBio – Instituto Chico Mendes, Fundação Boticário, FAS – Fundação Amazonas Sustentável, SOS Mata Atlântica, Votorantim, Brasken, alguns órgãos e ONGs internacionais, dentre outros. Durante o dia em várias intervenções tivemos a oportunidade de fazer alertas sobre o Bioma do Cerrado e a nossa Delegação pela presença e participação já era reconhecida por todos. Ao final do dia, participamos de importante reunião da Delegação Brasileira realizada no Salão De Brun, na Zona Bula, com aproximadamente 250 pessoas do Brasil, também uma excelente oportunidade.

Fizemos a entrega do Kit Ecobike (Capanga Ecológica, Camisa Ecobike, Garrafa D água Piki GO!  Adesivos Piki GO! e Ática Invest, Rapadurinha Energética, B0ok da PUC Goiás) sempre enfatizando sobre o I Ecobike Rally ST 2017 realizado no último dia 20 de Agosto de 2017 em Santa Terezinha de Goiás, já na oportunidade, alertando sobre a Biodiversidade do Cerrado, a estiagem severa e a escassez da água na região.

Mas o ponto alto mesmo foi a nossa apresentação cujo tema foi “Mudança Climática e Crise Hídrica no Coração do Brasil”, muito bem avaliada. Pudemos demonstrar geograficamente onde se concentra o Cerrado Brasileiro, sua realidade atual, a redução do volume das chuvas (índice pluviométrico), o aumento gradativo do calor e a extinção de mananciais hídricos, secas de nascentes e rios. Estendemos os comentários também ao vizinho Tocantins, demonstrando a seca do Rio Javaés, descaracterizando a maior ilha fluvial do mundo, a do Bananal por força da estiagem extrema e do assoreamento.

Exibimos inclusive o vídeo já por todos conhecido, onde se vê jacarés e o gado morrendo à mingua por falta de água em uma lagoa do complexo dos rios da região, quando todos assistiam e pareciam não acreditar no que estavam vendo pois, afinal, o Brasil é o país onde se estima entre 12% a 14% da água doce dos rios do mundo.

Alertamos para a necessidade urgente do Governo Brasileiro em dar ao Cerrado, o segundo maior Bioma Nacional, riquíssimo em biodiversidade, um tratamento isonômico, similar ao dispensado à Amazônia. Cá fora, o mundo desconhece outro Bioma, somente dando atenção à Amazônia quando o Cerrado é uma floresta invertida. Fizemos esta correlação das chuvas e da umidade da região norte com suas árvores altas, que se elevam do chão provocando precipitação no centro do país. E o cerrado, com suas árvores baixas e raízes profundas, boas retentoras de água que irriga o lençol freático e ao longo da estiagem, também os rios. Apresentamos aos presentes a APROCRIST – Associação Cultural dos Protetores do Rio Crixás, o Mestrado Desenvolvimento Regional da PUC Goiás, coordenado pelo Dr. Pasqualetto, a Ática Invest e a Piki GO! apoiadores financeiro e de estratégia, respectivamente e a Câmara Municipal de Vereadores de Santa Terezinha de Goiás como parceiros na consecução deste grande desafio.

Discutimos o vaticínio elaborado pelo Dr. Altair Sales, que aqui denominamos o “Doutor Cerrado” por se tratar de uma referência no tema, para que não se torne uma crônica de uma morte anunciada.  Ele, aliás, oriundo da PUC, idealizador do Memorial do Cerrado, uma belíssima estrutura de aprendizagem e visitação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás no Jardim Mariliza, um bairro da capital, Goiânia. Chamamos a todos para a mudança de cultura, tomada de atitude, para que juntos, possamos evitar esta tragédia anunciada: a extinção do Cerrado como Bioma e dos rios e mananciais por força da desordenada e irresponsável ação antrópica dilapidando pouco a pouco este patrimônio maior do homem, comum a todos os seres vivos: a água.

E encerramos o dia com o Boletim Final COP23 por volta das 19hs aqui, 16hs no Brasil em uma transmissão ao vivo, detalhando o ontem e o hoje, o que de mais relevante tivemos, enfim, compartilhamos para todos, via Facebook, nossa emoção e parte das experiências que tivemos aqui nesta semana.

No Brasil, ao retornar, faremos uma reunião estratégica com a Delegação do Médio Norte e as equipes da Ática Invest e Piki GO! E, posteriormente, na Câmara Municipal de Santa Terezinha de Goiás para que também possam viver as emoções e as experiências que travamos aqui em Bonn, na Alemanha, nesta COP23.

Acessem o meu facebook pessoal ou diretamente na página da www.pikigo.com.br para assistirem na íntegra. Não percam. Agora se inicia a segunda parte do desafio: tornar factível os aspectos aqui apreendidos e traduzir em realidade boa parte ou tudo que aspiramos possível para viabilizar em Santa Terezinha de Goiás e região. Um trabalho que somente será viável a quatro mãos, as nossas (PIKI GO!/Área GO! Partners e APROCRIST) e as suas!

Um grande abraço a todos e muito obrigado pela atenção de cada um…

Ubirajara de Lima Ferreira, Piki GO! e APROCRIST

Compartilhe!
© 2018 Piki GO, Inc. All Rights Reserved